quarta-feira, 12 de março de 2008

"O Vento nos Salgueiros" faz 100 anos


Ilustração: Ernest Howard Shepard

Toda a gente se deve lembrar dos desenhos animados... (Sabiam que a música do genérico português era cantada pelo Jorge Palma?). Eu não sabia. E também fiquei a saber que o livro que deu origem aos desenhos animados comemora agora um século de vida.

Como muitos "clássicos para crianças", "The wind in the Willows" começou por ser um conjunto de cartas escritas pelo autor, o escocês Kenneth Grahame, para o seu filho Alistair. Estas cartas terão sido editadas quase por acaso, e nem sequer agradaram muito à crítica de então, que as considerou "like a speech made to Hottentots in Chinese". Muito mau mesmo...
Alguns anos mais tarde, o livro tornar-se-ia um êxito, com edições em mais de 70 países, milhões de exemplares vendidos e adaptações para cinema, teatro e televisão.

A edição original, de 1908, era ilustrada por EH Shepard (o mesmo ilustrador de Winnie The Pooh) e, desde então, dezenas de ilustradores têm procurado recriar o universo de Grahame.
Eu nunca li o livro, mas lembro-me bem de mergulhar nesse mundo fantástico e completamente à parte, habitado pela toupeira, o rato, o sapo e o texugo, os quatro amigos que, sem pressas, saboreavam os prazeres da vida do campo, e ainda tinham tempo para umas aventuras divertidas.
Bem bom...

Vale a pena ler, a propósito da efeméride, este artigo...
Olhar com atenção as ilustrações de Inga Moore, nesta edição da Candlewick Press...
E ainda consultar esta página com dezenas de versões ilustradas do texto (umas mais interessantes do que outras, mas vale pela diversidade).

3 comentários:

Anónimo disse...

era qualquer coisa do genero...
O Vento nos salgueiros sussurrou devagar
Vê como eu danço suspenso no ar
Das altas montanhas às ondas do mar
…vem comigo voar

Vento nos salgueiros pareces saber
Quais as historias certas e como as contar
Aos que ainda sabem sonhar

mas a memoria de infancia já deve ter mudado alguma coisa. :) BD

Sonia disse...

Ainda hoje, eu e a minha irma, cantarolamos a versao do J Palma.
Obrigada pela memoria :)
A titulo de curiosidade: "O vento nos Salgueiros" foi o livro que a minha irma ofereceu ao meu filho mais velho quando este nasceu (eu ofereci-lhe "O Principezinho"); ha quem ofereca botinhas de la ou casaquinhos, la em casa oferecemos livros...!

Martinis disse...

Viva,

sabem onde podemos encontrar esta musica do Jorge Palma?

Abraços Martinis