terça-feira, 11 de maio de 2010

Dança na Biblioteca da Lousã



A professora Joana Ruas, da Academia de Bailado da Lousã, explicou logo no início que o espectáculo a que iríamos assistir não era um bailado, mas sim uma performance de dança (ou talvez até de expressão corporal).
Explicou também que o livro que serviu de base à coreografia (o "Coração de Mãe") não foi propriamente muito fácil de trabalhar... porque neste livro não existe uma história tradicional com princípio meio e fim (como é mais habitual trabalharem) e também porque nele se fala de emoções (e exprimir emoções usando o corpo não é fácil, sobretudo quando se tem 15 anos...).
Mas, a semana passada, quando fomos à Biblioteca da Lousã assistir a uma das actuações deste "Coração de Mãe" dançado, já não se sentia qualquer vergonha entre os pares de dançarinos. O embaraço inicial desapareceu para dar lugar àquele nervoso miudinho (e inesquecível) que antecede uma actuação muitas vezes ensaiada.





Os pares (de mães e filhos) tinham piada porque juntavam duas idades que habitualmente não são próximas: uma bailarina mais velha (raparigas de 15/16 anos) e um bailarino mais novo (quase só raparigas, mas alguns rapazes, corajosos, de 7/8 anos).

A professora Joana Ruas está de parabéns (e os seus bailarinos também estão).
É uma boa notícia saber que na Lousã há uma escola de dança com mais de duzentos alunos, a trabalhar com tanta garra e qualidade.

3 comentários:

Joana disse...

Espectacular!!! Parabéns!!!

Anónimo disse...

Concordo. Adorei ver esse espectáculo no parque de exposições. Foi lindo. :)

Anónimo disse...

principalmente a Tânia. É uma verdadeira Deusa, super talentosa.