segunda-feira, 21 de março de 2011

Alguns poemas...

... mais ou menos dadaístas como lhes chamou aqui o Bibliotecário de Babel.











2 comentários:

Cristina Madureira disse...

Que maravilha! A poesia começa por ser isso mesmo: brincar com as palavras. E depois a brincadeira cresce e transforma-se em poema!

bixo disse...

Obrigada pela oportunidade :) Foi uma agradável surpresa. Não contava voltar a lançar-me às tesouras e ao acetato tão cedo... mas soube tão bem!

Fiquei com vontade de mais. Os dias das belas-artes já lá vão mas guardo sobretudo memórias boas dos exercícios de poesia visual e de ilustração...

Obrigada por reavivarem este gosto.