sexta-feira, 20 de fevereiro de 2009

Caixotes que nos fazem felizes



Chegaram há poucos dias as versões em castellano e gallego do nosso "Pê de Pai". A Kalandraka já tinha dado aqui notícia, brindando-nos também com a oportunidade de ver o Bernardo com um verdadeiro sorriso à surfista....

Esta semana chegou-nos também o caixote made in italia com alguns exemplares do recém-impresso "Quando sono nato". A edição, irrepreensível, é da Topipittori, editora pequena mas das muito honradas.

7 comentários:

Joana disse...

Parabens! Eu confesso que espero por uma tradução em alemão para comprar o p de pai para o nosso pappi... Bjs

Anónimo disse...

Que giro deve ser verem os vosso livros a voar pelo planeta!! Parabéns

Anónimo disse...

Parabéns!
Há livros que por eles mesmos ganham asas...

M. Junça
Évora

Anónimo disse...

Parabéns.De certeza que estão bem entregues! A Editora italiana não conheço, mas a Kalandraka castelhana, ainda ficou mais enriquecida.
Um beijinho a todos.
Cristina, Évora.

Anónimo disse...

Parabéns.De certeza que estão bem entregues! A Editora italiana não conheço, mas a Kalandraka castelhana, ainda ficou mais enriquecida.
Um beijinho a todos.
Cristina, Évora.

Anónimo disse...

Tive o prazer de ver o Pê de Pai na loja do Museu Reina Sofia, em Madrid!

Parabéns!

Joana.

Moura Aveirense disse...

O "Pê d Pai" é uma delícia! :)