terça-feira, 9 de fevereiro de 2010

A Rua da Estrada


"A estrada-rua é como um centro em linha, uma corda onde tudo se pendura; uma estrada-mercado. O problema da estrada rua é a fímbria de espaço que está entre o asfalto e os edifícios: valeta, passeio, ausência de um e de outro, estacionamento, rampas de acesso a edifícios e lotes, interrupções, problemas. A estrada-rua nem tem aquelas magníficas árvores que dantes havia e depois se fechavam em túneis de floresta-galeria, nem tem os passeios amplos e confortáveis que é suposto as ruas terem. Na estrada-rua não há apenas trânsito de passagem como na estrada, nem movimentos locais de peões e veículos como na rua. A estrada-rua mistura tudo num conflito permanente, camiões e peões, carros e autocarros, motorizadas e patins em linha, cruzamentos com outras estradas."

A fotografia e o texto são do geógrafo Álvaro Domingues, autor do livro "A Rua da Estrada", lançado há poucos dias no Porto. Um retrato do país cruzando Arquitectura, Urbanismo e Sociologia, feito a partir da paisagem que se avista das nossas estradas nacionais (EN).

Uma edição da Dafne, editora especializada em livros de Arquitectura.