sexta-feira, 19 de junho de 2009

Um assombro

Adorei esta história: 
É uma menina que vai viver para uma casa e quando lá chega, descobre que a casa está assombrada. 

A menina, que afinal é uma bruxa (com gato e tudo), não tem medo nenhum e começa a apanhar os fantasmas e a metê-los dentro dum saco. Depois, lava-os todos na máquina de lavar a roupa.

Bem lavados, branquinhos e secos, os fantasmas fazem umas óptimas cortinas e toalhas de mesa.
Ficam só a sobrar dois fantasmas. Quem é que adivinha para o que é que vão servir?

(apetecia-me imenso contar o fim mas não vou estragar a surpresa...)

Bom fim-de-semana!

Kazuno Kohara

3 comentários:

sal disse...

também chegou cá esta semana mas está escondido-como um fantasma! só eu o vi e delirei.

Anónimo disse...

para guardanapos?

dora disse...

Tenho-o já há uns tempinhos... mas a cor de fundo é um pouco diferente: um laranja mais vermelho. Sim, um assombro bom!