quarta-feira, 20 de janeiro de 2010

Editar em casa alheia

Os artistas cá da casa trabalham muitas vezes fora (e isso é bom), mas para mim foi uma novidade editar em casa alheia.

Pela Oqo, "Os Mil Brancos dos Esquimós", com maravilhosas colagens da Madalena, que saiu agora em castelhano e galego (no próximo ano pensamos que sairá em português).



E pela Kalandraka, este "Ovelhinha, dá-me lã" com ilustrações da Yara, que será lançado no próximo mês em Portugal. Esta edição vem na sequência da Menção Honrosa do Júri no I Prémio Internacional Compostela para Álbuns Ilustrados.




Devo dizer que este "editar em casa alheia" foi uma espécie de "vá para fora cá dentro".
Porque de certa forma continuámos em casa...

4 comentários:

CrisSerralheiro disse...

http://livros.sapo.pt/noticias/artigo/16696.html

E os finalistas são? Os suspeitos do costume!

Parabéns

Anónimo disse...

So é muita pena a designação "esquimó" ser ofensiva para os inuitas.

sal disse...

mencionam-vos aqui: http://elpetittresor.blogspot.com/

Anónimo disse...

estou desejando ver estas novas novidades, a seguir ao planeta tangerina, estou sempre atenta a estas editoras. Mas o importante é que os vossos nomes circulem por todo o mundo literário, pois é muito mais que bem merecido.
Um grande beijo.
Cristina, Évora.