quinta-feira, 3 de novembro de 2011

O ano ainda não acabou (1)

Já a sair para as livrarias estão mais duas novidades do Planeta Tangerina.
E duas novidades bem diferentes... Eis a primeira:



À parte algumas exceções, ninguém consegue responder com certeza absoluta à pergunta que dá título a este livro.
Para onde vamos quando desaparecemos? aproveita a ausência de respostas “preto no branco” para lançar novas hipóteses — mais coloridas e poéticas, mais sérias ou disparatadas, conforme o caso... — e assim iluminar um tema inevitavelmente sombrio.

Felizmente (ou infelizmente sei lá) não somos os únicos a desaparecer.
Com todas as outras coisas do mundo, acontece o mesmo.
O sol, as nuvens, as folhas e até as férias
Estão sempre
A começar e a acabar,
A aparecer e a desaparecer.


O que propõe este livro?
Observar as coisas do mundo e nelas procurar novas pistas e possibilidades (que nos sirvam a nós e àqueles de quem mais gostamos).
Atenção: nesta procura, nada deve ser ignorado — das meias que se evaporam misteriosamente ao sol que todos os dias se vai embora — em tudo pode haver ideias interessantes que ajudem a preencher o espaço deixado em aberto por esta grande interrogação.

5 comentários:

Marta disse...

Já fiquei super curiosa... fico à espera da novidade.

Parece-me bem aproveitarmos um momento para apreciarmos o que há de bonito por aqui, sim... antes que desapareça! ;-)

Anónimo disse...

"Já estou em pulgas!" com as novidades.

Um abraço,
Margarida Junça

Joana disse...

Tb estou curiosa!!! bjs

sof* disse...

parabéns pela ideia!

anna thereza de menezes disse...

Que bonito! Os temas que ninguém sabe muito bem como dizer e que geralmente fazem a curva antes de chegar às crianças, trazidos, tenho a certeza, em belas imagens e boa prosa... Parabéns ao Planeta por mais um fruto!